instagram facebook

Postmodern Jukebox

Possui necessidades especiais?
Reserve aqui um ingresso acessível.
SOBRE O SHOW Abertura da casa: 21h00

Postmodern Jukebox, o extenso grupo de talentos musicais criado em 2011 pelo pianista, arranjador e produtor americano Scott Bradlee, virá ao Brasil para quatro apresentações em agosto. Conhecido pelas reinterpretações ?vintage? de sucessos da música pop, o grupo fará shows no Vivo Rio, dia 18/08. Os shows são uma realização do Queremos! com patrocínio da Heineken e os ingressos já estão disponíveis.

Nascido em 1981 em Long Island, Scott Bradlee estudou jazz na universidade e se mudou para Nova York, onde trabalhou como pianista em bares e restaurantes e começou a experimentar arranjos de hits dos anos 1980 em arranjos de jazz e ragtime. Em 2012, recrutou alguns amigos músicos para um projeto batizado como ?A Motown Tribute to Nickelback?. Foi o embrião do Postmodern Jukebox, que começou a chamar atenção em 2013 com os vídeos, gravados ao vivo e num único take, na sala da casa de Bradlee.

Em setembro daquele ano, a versão doo-wop para ?We can?t stop?, de Miley Cyrus, estrelada pela cantora Robyn Adele Anderson, com vocais dos The Tee-Tones, foi vista mais de 4 milhões de vezes em apenas duas semanas e transformou o Postmodern Jukebox num sucesso virtual. Desde então, o projeto já acumulou mais de 740 milhões de visualizações e 2,7 milhões de assinantes em seu canal no YouTube.

?Creep?, do Radiohead, ?All about the bass?, de Meghan Trainor, ?Careless whisper?, do Wham, e ?Seven nation army?, do White Stripes, estão entre algumas das versões do PMJ que escalaram as paradas do iTunes nos últimos anos. Invariavelmente, os arranjos de Bradlee transformam ?hits modernos em sucessos virais?, de acordo com o Entertainment Weekly. Ou, como preferiu descrever a rádio NPR, o grupo ?pega hits das paradas atuais e os reinventa como se viessem de outras eras da música popular?. Jazz, ragtime, doo-wop, rhythm?n?blue, swing e outros estilos ?antigos? (às vezes batizados como "estilo James Bond" ou "estilo Cantando na chuva") são apresentados semanalmente, por meio dos vídeos que popularizaram o grupo.

Em 2015, o grupo começou a excursionar pela América do Norte e Europa, com shows esgotados em vários lugares do mundo. Nesse meio tempo, não deixou de publicar novos vídeos em seu canal, nem de gravar discos prolificamente ? apenas este ano, já foram dois. Mas o que puxa o repertório dos shows são mesmo os sucessos da banda na internet. Este é, literalmente, um sucesso pós-moderno.
OUTROS
SHOWS
Que você
pode curtir!
Qual show você
gostaria de assistir
no Vivo Rio?
enviar sugestão

Qual show você gostaria de assistir no Vivo Rio?

Preencha o formulário abaixo e deixe sua sugestão:





Desenvolvido por Casa da Criação